quarta-feira, 29 de junho de 2011

Projeto Jogos e Brincadeiras/Mini grupo

Mini grupo 
Projeto Jogos e Brincadeiras                                          
Justificativa:
 Trabalhar de uma forma lúdica e de vivência, estimulando o Raciocínio Lógico, a criatividade, auxiliando as crianças no processo de construção do conhecimento.
Visando potencializar capacidades ,ampliando possibilidades das crianças de compreenderem e transformarem a realidade.
Tendo em vista que, o jogo não pode ser visto apenas como divertimento ou brincadeira para desgastar energia, pois ele favorece os desenvolvimentos físicos, cognitivos, afetivos e principalmente a interação e o respeito pelos amigos.

Objetivo Geral:
• Proporcionar as crianças a oportunidades de ampliar seus conhecimentos através de atividades lúdicas interativas e de vivência.

Objetivos Específicos:
Desenvolver nas crianças as capacidades e oportunidades de:
Praticar, escolher, preservar, imitar, imaginar, dominar, adquirir competência e confiança e autonomia;
Adquirir novos conhecimentos, habilidades pensamentos lógicos;
Criar, observar, experimentar, movimentar-se, cooperar, sentir, pensar, memorizar e lembrar;
Comunicar, questionar, interagir com os outros e ser parte de uma experiência social mais ampla em que a flexibilidade, a tolerância e a autodisciplina são vitais;
Conhecer e valorizar a si mesmo e as próprias forças, e entender as limitações pessoais;
Ser ativo dentro de um ambiente seguro que encoraje e consolide o desenvolvimento de normas e valores sociais.
Promover a socialização e o respeito mútuo entre as crianças.
Reforçar a importância do brincar.

Conteúdos (Opções de Jogos)
Boliche;
Piãozinho;
Produção de massinha;
Brincando com quebra-cabeça de madeira.
Brincadeiras dirigidas com regras simples:
Cobra-cega;
Andar de trem;
Corre cotia;
Batata quente
Põe a mão na cabeça (musica da raposa);
Vamos passear (jogo simbólico);
Dança da cadeira;
Dança com bexigas;

Sugestões de Jogos:
1)- Boliche
Objetivo:
Desenvolver noções de quantidade e seqüência numérica.
Procedimento:
Confeccionar um boliche com 12 garrafas pet, contendo a seqüência numérica de 1 a 12.
Ao apresentar o jogo os alunos irão se familiarizar com os numerais e em seguida, ao jogar, devem ser incentivados a contagem do numero de garrafas que foram derrubadas.

2)- Piãozinho;
Objetivo:
Desenvolver a concentração e a coordenação motora
.
Procedimento:
Fazer canudinhos com revista, depois enrolá-los no palito de churrasco, colando-o próximo ao lado pontiagudo.
3)- Cobra-cega
Objetivo:
Estimular o desenvolvimento da percepção tátil.
Procedimento:
Todas as crianças deverão sentar-se na roda, uma delas será escolhida para ser a cobra-cega, esta terá os olhos vendados, ficando no centro da roda ao comando da educadora começara andar até chegar em uma criança passando as mãos em seu roto, cabelo e em seguida tentar identificá-la, esta dará continuidade ao jogo.

4)- Andar de trem;
Objetivo:
Contribuir para a socialização e a integração das crianças enquanto brincam.
Contribuir para o desenvolvimento da linguagem;
Contribuir para o desenvolvimento da expressão corporal.
Procedimento:
As crianças deverão andar com as mão no ombro do amigo, em forma de trem cantando a música e realizando os gestos propostos de acordo com a música: "Eu vou andar de trem".
5)- Corre cotia;
Objetivo:
Desenvolver a praxia global (coordenação motora) e agilidade corporal.
Procedimento:
As crianças sentarão em uma roda e cantarão a música "Corre cotia", uma será o comandante e outras respondentes, o comandante terá nas mãos um lenço e colocará (na ultima frase), atrás de uma criança. Essa
criança deverá pegar o lenço e correr para pegar a que colocou esta deverá se sentar rapidamente no local da outra, e assim sucessivamente.
6)- Batata quente
Objetivos:
Contribuir para a socialização das crianças;
Desenvolver a atenção e a agilidade enquanto brincam.

Material:
Uma bola, ou algo para ser a batata quente.
Procedimento:
As crianças deverão permanecer sentadas no circulo, voltadas para o centro. Uma delas escolhida por sorteio começa a brincadeira sentada de costa para o grupo e cantando "batata-quente, quente,.....queimou". A criança que estiver com o objeto na mão neste momento deverá continuar cantando.
6)- Põe a mão na cabeça (musica da xuxa)
Objetivo:
Contribuir para o desenvolvimento corporal identificando as partes do corpo;
Contribuir para a socialização das crianças e para o desenvolvimento da linguagem enquanto cantam a música.
 Procedimento:
Ao cantarmos a música da xuxa às crianças deverão repetir os gestos mostrando as partes do corpo nela referidas.

7)- Vamos passear (jogo simbólico).
Objetivo:
Desenvolver da imaginação e da fantasia, assimilação da realidade ao "eu".

Procedimento:
Através do "faz de conta", estimularemos as com algumas brincadeiras utilizando os materiais da sala.

Pois na sua imaginação ela pode modificar sua vontade, usando o "faz de conta", ainda mais quando expressa corporalmente as atividades.
Faremos de conta que estamos em uma floresta, e daremos inicio ao nosso passeio por esta aventura que imaginaremos juntos.
8)- Produção de massinha;
Objetivo:
Desenvolver a criatividade e a coordenação motora.

Procedimento:
Fazer a massinha com farinha de trigo, demonstrando todas as etapas para as crianças, em seguida dividir entre elas a massinha, pedindo-lhes que façam uma escultura para que possamos deixar secando para expormos no dia da apresentação do projeto.

Avaliação:
O brincar é de suma importância no desenvolvimento infantil por este motivo é importante desenvolver um projeto focado em jogos e brincadeiras.
Em todas as aulas as crianças devem ser convidadas a sentarem-se na roda de conversa, onde se discute sobre os mais variados assuntos (final de semana, meu brinquedo favorito, minha família, os combinados, a chamada entre outros); em seqüência apresenta-se à proposta, falando sobre o projeto e a atividade a ser trabalhada no dia vigente.
Todos devem saber o tema do projeto e o que este significa, todos devem ter acesso aos diversos tipos de jogos e brincadeiras, tanto livres como de regras simples, promovendo assim o desenvolvimento do raciocínio lógico de todo o grupo, respeitando a etapa desenvolvimento individual de cada criança.
Exemplos de outros jogos:
Amarelinha
Material: 1 pedrinha.
Desenvolvimento: Brincam quantas crianças quiserem e cada uma tem sua pedra. Quando não disputam na fórmula de escolha dizem: - Primeira! (será a primeira), Segunda! Quem falar em segundo lugar será a segunda, assim sucessivamente.
1) Joga se a pedra na 1ª quadra, não podendo pular nela. Vai com um pé só, batendo os dois pés no chão, na quarta e quinta casa e no céu sem fim.
2) Chutinho. Vai se chutando a pedra que foi jogada perto, antes da amarelinha, com um pé só. A pedra não pode bater na risca, se errar passa para outra criança até chegar sua vez novamente.
3) Na terceira etapa, joga-se sem pedra. Com os olhos vendados diz: “__Pisei”? As outras respondem: “__Não”. Assim casa por casa até sua vez. Também na terceira casa é com um pé só. E os dois pés na 4ª e 5ª casas.
4) Tirar casa - de costas joga-se a pedra para trás, onde cair, essa casa será excluída. Risca-se com giz a mesma, podendo pisar nela com os dois pés.
Atividades
CHICOTINHO QUEIMADO:
Desenvolvimento: Uma criança esconde o chicotinho queimado, geralmente uma correia velha, enquanto as demais tapam os olhos. Depois, as
demais vão procurar o chicotinho. Conforme uma criança esteja mais distante, a que escondeu o chicotinho dirá que ela está fria. Conforme mais
perto, dirá que está quente. Dirá também que está esquentando ou esfriando conforme a que estiver mais próxima se distancia ou se aproxima do
chicotinho queimado. “Estar pelando” é estar muito perto do chicotinho. A criança que achar o chicotinho queimado sairá correndo batendo com ele
nas demais. E é ela que irá escondê-lo da próxima vez.
Caixa de Sensações: o professor pode encapar uma caixa de tênis fazendo um furo em forma de círculo, com dez centímetros de diâmetro. O professor deverá organizar materiais como retalhos, flocos de algodão, pedaços de lixa, tampinhas, caixinhas e outros objetos e ir colocando-os por uma das extremidades, a fim de que a criança, com a mão do outro lado, identifique o material.
Caminho Colorido: com folhas de papel pardo, faça um caminho para que as crianças carimbem os pés, com tintas coloridas. É uma atividade que envolve muito as crianças, e as deixam muito felizes.
Toca do Coelho: Dispor bambolês no pátio da escola de forma que fiquem duas crianças em cada um e que sobre uma fora do bambolê. Ao sinal do professor, as crianças deverão trocar de toca, entrando duas em cada um. Sempre sobrará uma criança fora da toca.
De onde vem o cheiro? A professora irá passar perfume em um paninho e o esconderá na sala, num lugar fácil, onde os alunos deverão descobrir de onde vem o cheiro.
Dentro e Fora: Fazer uma forma geométrica bem grande no chão e pedir que as crianças entrem na delimitação desse espaço. Se quiser o professor poderá fazer outra forma dentro da que já fez onde irá pedir que os alunos adentrem também, explorando ainda que se a forma é pequena eles irão ficar apertados.
Arremesso: O professor fará uma linha no chão, usando fita crepe e as crianças deverão arremessar garrafinhas plásticas cheias de areia, para frente. O professor irá medir as distâncias e verificar quem conseguiu arremessar mais longe. Depois, em sala de aula, poderá fazer um gráfico explicativo.
Pneus: Esses podem ser usados para várias brincadeiras, como pular dentro e fora, se equilibrar andando sobre a parte de sua lateral ou ainda quem consegue rolar o pneu de um determinado lugar até outro sem deixá-lo cair.
Que som é esse?: Com faixas de tnt preto, vendar os olhos dos alunos e fazer diferentes barulhos usando instrumentos musicais, latas, brinquedos, etc., a fim de que as crianças identifiquem os mesmos.
Caixa Surpresa: Com uma caixa de papelão encapada, o professor irá mandar para a casa de um aluno a fim de que os pais enviem algum material que possa ser descoberto pelas crianças. O professor vai fazendo descrições do material, até que as crianças descubram o que é.
Pega-Pega Diferente: Dividir a turma em dois grupos e identificá-los com lenços ou fitas de cores diferentes. Após o sinal do professor os grupos deverão pegar uns aos outros e a criança pega deverá ficar num espaço delimitado pelo professor. Vence o grupo que tiver mais pessoas que não foram pegas.
Elefantinho colorido As crianças ficam em roda e uma delas fala:__ Elefante colorido!Os outros perguntam:__ De que cor ele é?A criança deverá escolher uma cor e as outras deverão tocar em algo que tenha esta cor. Se nãoachar esta cor o elefantinho irá pegá-lo.
Batata quenteTodos em roda, sentados no chão, com um objeto na mão vai passando e cantando a seguintecanção:__ Batata que passa quente, batata que já passou, quem ficar com a batata, coitadinho sequeimou!Quando disser queimou, a pessoa que estiver com o objeto na mão, sai da roda.
Estátua Faz-se uma roda e todos vão rodando de mãos dadas e cantando a seguinte canção:“A casinha da vovó,cercadinha de cipó,o café tá demorando,com certeza não tem pó!Brasil! 2000!Quem mexer saiu!”.Todos ficam como estátua e não vale rir, nem se mexer, nem piscar, nem se coçar, quem será quevai ganhar?
MOVIMENTO:
CONTEÚDO:
- Reconhecimento do próprio corpo;
- Expressão de sensações e ritmos corporais;
- Exploração de diferentes posturas corporais e agilidade de deslocar-se no espaço;
- Exploração e utilização de movimentos de preensão, encaixe, lançamento, etc;
HABILIDADES:
- Identificar o próprio corpo;
- Perceber, imitar e produzir sons e ritmos utilizando o corpo e diferentes materiais;
- Deslocar-se no espaço de diferentes maneiras e com diferentes graus de autonomia;
- Explorar e controlar os movimentos corporais;
- Coordenar os movimentos do corpo;
- Desenvolver memória musical.
NOÇÕES:
- Do próprio corpo;
- Do deslocamento do próprio corpo no espaço;
- Controle (domínio) do próprio corpo;
- Das mãos como instrumento para relaciona-se com o mundo e comunicar-se;
VALORES:
- Identidade;
- Expressão pessoal de sentimentos;
- Autonomia e autoconfiança;
- Autonomia e comunicação;
ATIVIDADES:
- Nomeação de partes do corpo no banho e na música;
- Brincadeira dança, música, imitação, ritmos e sentimentos.
- Andar, correr, pular, trepar, escorregar, saltar, rolar, sentar, engatinhar, arrastar,
- Abrir, fechar, empilhar, encaixar, etc;
- Brincadeiras com bolas, blocos, sucatas, etc;
- Batucar, bater palmas, tocar instrumentos;
- Faz-de-conta.
INSTRUMENTOS:
- Gestos, linguagem, esponja, música;
- Caixas, bolas, blocos, chocalhos, etc.
LOCAL:
- Sala, solário, sala de recreação, trocador.
MÚSICA:
CONTEUDOS:
- Exploração, expressão de sons e silencio com a voz e materiais diversos;
- Participação em situações que integram música, movimento e canção;
HABILIDADES:
- Perceber, imitar e produzir sons utilizando diversos materiais;
NOÇÕES:
- De sons, expressando com o corpo e materiais diversos;
- Da possibilidade de expressão de ritmo através do movimento;
VALORES:
- Autocontrole e autonomia;
- Socialização e prazer musical;
- Sociabilidade;
ATIVIDADES:
- Cantar, batucar, bater palmas;
- Ouvir musicas de diferentes estilos e expressar sentimentos;
- Brincadeiras com musicas;
- Danças em grupo ou individual;
INSTRUMENTOS:
- Chocalhos, instrumentos diversos, sucatas e objetos diversos;
- Cds, vídeos, rádio;
- Instrumentos musicais;
LOCAL:
- Ambientes externos e internos;
- Sala, solário e sala de recreação;
ARTES VISUAIS:
CONTEÚDO:
- Exploração e manipulação de materiais
- Observação e identificação de imagens diversas.
HABILIDADES
- Perceber através dos sentidos as diferenças entre materiais, objetos e brinquedos;
- Observar, identificar imagens.
ATIVIDADES
- Observação e identificação de imagens em manuseio de revistas, livros, figuras, etc.
INSTRUMENTOS:
- Revistas, livros, tv, brinquedos, imagens na parede, etc.
LOCAL:
- Sala, solário, sala de recreação.
LINGUAGEM ORAL E ESCRITA:
CONTEÚDO:
- Incentivar o desenvolvimento da fala para que a criança manifeste seus desejos, não
permitindo que ela só manifeste por gestos.
HABILIDADES:
- Incentivar e permitir a fala da criança em todas as atividades, falando corretamente
com a criança;
- Ampliar o vocabulário da criança conversando com ela diariamente.
ATIVIDADES:
- Na hora do banho, alimentação, e nas conversas em geral.
INSTRUMENTOS:
- Conversas, músicas, livros, tv, etc.
LOCAL:
- Trocador, sala, solário, sala de recreação e refeitório.
MATEMÁTICA:
CONTEÚDOS:
- Noções de quantidade, cor e espaço em brincadeiras e musicas junto com o
professor;
- Manipulação e exploração de objetos e brinquedos em situações organizadas;
HABILIDADES:
- Perceber quantidade, formas e cores;
NOÇÕES:
- De quantidade, formas e cores;
VALORES:
- Socialização;
- Independência e autonomia;
ATIVIDADES:
- Musicas e brincadeiras que envolvam noções de quantidade, cor, formas, tempo e
espaço comparando medidas de mãos, pés, altura;
INSTRUMENTOS:
- Bolas, bexigas, peças de encaixe, sucatas, pelúcias e brinquedos diversos;
LOCAL:
- Sala, solário, quadra e sala de recreação
SEMANARIO – MINI GRUPO
JUSTIFICATIVA:
Ao assumir a sala percebi que os alunos da mesma estavam atrasados em relação aos demais salas,e na preocupação de termos um trabalho em grupo temos que chegar a um só nível de aprendizado.
OBJETIVOS:
Transmitir conhecimentos prévios de números e letras através de brincadeiras.
RECURSOS:
Vão ser trabalhados em sulfite números de 1 até 5 (os demais já se encontram no 03).
Vogais;
 Será utilizado os materiais:
1)    Tinta Guache;
2)    Colagens de papeis diversos;
3)    Giz de cera;
4)    Lápis de cor;
5)    Revistas.
AVALIAÇÃO:
Será obtido no termino deste mês de Junho

2 comentários:

  1. Muito legal essas brincadeiras...a maioria eu brincava quando era criança... também gostei muito da ideia do projeto é bem de acordo com a necessidade deles..
    parabens

    ResponderExcluir
  2. Olá gostaria de umas dicas para brincadeira para animar festa em creche, criança de 2,3 e 4 anos. Poderia me ajudar?

    ResponderExcluir